Crimes sem castigo.

“Recorrer à conclusão que coloca sobre os ombros da mídia e da indústria do entretenimento, a responsabilidade pelo aumento nas ações violentas praticadas em todas as camadas sociais, é uma escolha reducionista, que se abstém de tratar as características mais profundas da origem do problema.” Leia mais »

“Efeitos colaterais“ da Pratica Médica em seus Profissionais

A influência que o ambiente exerce sobre as pessoas, individualmente ou em grupos, é parte indissociável da formação e manutenção do equilíbrio emocional de cada ser humano. E, muitas vezes, a prática da medicina coloca os profissionais de Saúde diante do enfretamento cotidiano de situações desorganizadoras, em que o seu equilíbrio emocional é provocado e se desestabiliza. Leia mais »

Violência no trânsito.

Todos somos vítimas e algozes em uma realidade que insistimos em não modificar. No relatório mundial sobre a situação da segurança rodoviária apresentado pela Organização Mundial da Saúde - OMS, com informações de 182 países, o número de vítimas de acidentes envolvendo veículos em 2010 foi 1.24 milhão, a maioria homens com idade inferior a 44 anos. Leia mais »

 

Category Archives: Observatório de mídia

Santa Maria – RS

A Rede Ibero-americana de Ecobioética / Cátedra UNESCO de Bioética, se solidariza com a população de Santa Maria e de todo o estado do Rio Grande do Sul. E está à disposição

Lançamento do livro “2008 – Depois das Chuvas… O olhar de cuidado sobre o Vale do Itajaí”

Hoje, no Salão Nobre da Prefeitura Municipal de Blumenau – SC, foi lançado o livro “2008 – Depois das Chuvas… O olhar de cuidado sobre o Vale do Itajaí”. O livro foi

Violência urbana

Atenção e prevenção são recomendações para a vida nas grandes cidades. Programa Hoje em Dia, da TV Record, recebeu convidados que ensinam cuidados que devem fazer parte da vida nos grandes centros

CATÁSTROFE DE CROMAÑÓN

Habla Moty Benyakar, titular de la Sección Desastres de la WPA: “La atención debería prolongarse durante por lo menos tres años” El especialista en atención de víctimas de catástrofes asegura que no